São proibidas as exigências de envios de fotografias e Raios-X para comprovação da realização de procedimentos odontológicos, conforme prevê Resolução CFO 102/2010.

São proibidas as exigências de envios de fotografias e Raios-X para comprovação da realização de procedimentos odontológicos, conforme prevê Resolução CFO 102/2010.

Por solicitação do Conselho Federal de Odontologia (CFO), a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) esclarece que são proibidas as exigências de envios de fotografias e Raios-X para comprovação da realização de procedimentos odontológicos, conforme prevê Resolução CFO 102/2010.

Além disso, a ANS determina que, essas exigências de envios de fotografias e imagens de Raios-X como condição para pagamento ao profissional, por parte das operadoras de Planos Odontológicos, são mecanismos de regulação assistencial vedados pela legislação, posto que afrontam a Resolução CFO102/20.

Deixe uma resposta